Nova ajuda para emagrecer

Conheça o Matchá

Os chás são conhecidos como aliados da perda de peso. O novo queridinho do pedaço é o matchá, ainda mais potente que o chá verde, segundo os especialistas. “Tem propriedades emagrecedoras incríveis e, aliado a uma dieta balanceada com a prática regular de exercícios físicos, ajuda no processo de aceleração do metabolismo”, disse o endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posse do Corpo.

O matchá é extraído da mesma planta que o chá verde, a camellia sinensis, mas tem com um processo de produção diferente, feito de forma artesanal, como informou Cury. “É elaborado com as folhas mais novas e tenras do chá verde, vindas de plantações protegidas do sol. Depois de colhidas, as folhas são trituradas muito lentamente em um moinho de pedra, até que sejam reduzidas a pó. O gosto herbal é muito pronunciado, é preciso educar o paladar para degustar”, detalhou a nutricionista Caroline de Salve, da Salutem - Nutrição e Bem Estar.

O vegetal produz mais clorofila, aminoácidos e l-teanina, que ajudam a dissolver a gordura e a eliminá-la mais rapidamente. “Possui substâncias como a cafeína e as catequinas, que estimulam o
metabolismo e, com isso, podem auxiliar na perda de peso”, acrescentou a nutricionista Patricia Ramos, do Hospital Bandeirantes.

A nutricionista Caroline lembra que é diurético e, assim, diminui inchaço e retenção hídrica, mas ressalta que não se pode estipular quanto peso alguém perde com o seu auxílio, já que depende da reação do organismo de cada um e de outros hábitos, como alimentação e atividade física. “Os pesquisadores constataram que homens saudáveis que consumiram a bebida durante treinamentos de intensidade moderada tiveram um aumento de 17% a 25% na taxa de queima de gordura”, acrescentou a profissional.

Outros benefícios
Segundo a nutricionista Patricia, o matchá também pode contribuir com o controle do colesterol por ser rico em fibras. “Outro benefício é que ele ajuda na recuperação muscular e, por isso, é muito indicado para quem pratica atividades físicas regularmente”, lembrou o endocrinologista Cury. A nutricionista Caroline ainda listou ação antienvelhecimento, aumento de energia, combate à inflamação e à oxidação, além de redução no risco de câncer de mama, incômodos pré-menstruais e celulite.

Outra boa notícia é que tem poucas calorias, apenas três em uma porção do chá. A dica da nutricionista Caroline é ingeri-lo no lugar de outras bebidas, como cappuccino (74 calorias em uma xícara) e leite desnatado com chocolate (140 calorias em uma xícara).

Preparo
Além do tradicional chá, o produto pode ser ingrediente de smoothies, sorvetes, iogurtes, sucos, vitaminas. “Como ele é em pó, algumas pessoas utilizam no preparo de bolos e pães”, lembrou a nutricionista Patricia. O consumo recomendado é de 15 g a 20 g por dia. É possível comprar matchá em lojas de produtos naturais.

Cuidados
Apesar dos benefícios, o excesso pode causar alguns efeitos colaterais. “Dores no estômago, insônia, dores de cabeça, irritabilidade, diarreia e azia, devido à grande concentração de cafeína e clorofila em sua composição”, listou o endocrinologista Cury.

E não são todos que podem lançar mão de suas propriedades. “Pessoas com gastrite ou úlceras devem evitar consumir matchá, pois pode agravar as crises devido à cafeína presente no chá”, disse a nutricionista Caroline. “Não há uma contraindicação específica, porém gestantes, idosos e crianças que possuem necessidades nutricionais diferenciadas devem evitar seu consumo excessivo, além de pessoas com insônia pelo teor de cafeína, já que o seu consumo noturno pode tirar o sono das mais sensíveis à cafeína”, completou.


» É sempre importante consultar um médico.


Créditos: Conteúdo publicado no site do Terra/Saúde.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!