Caspa? Acabe de vez com essa tormenta

Conheça as causas e encontre boas alternativas para tratar esse problema

Caspa é o nome popular da dermatite seborréia, problema que, sem dúvidas, incomoda grande parte da população adulta (geralmente entre 20 e 50 anos de idade), mas que, ainda assim, ainda gera muitas dúvidas entre as pessoas.

A caspa é um problema exclusivo do sexo masculino ou também pode incomodar as mulheres? É contagiosa? Como tratá-la? Abaixo você confere a resposta para estas e outras questões importantes sobre o assunto. Vale a pena se informar!

O que é caspa?

É um problema muito comum
especialmente no inverno, pois nada mais é do que uma proteção do nosso organismo para “aguentar o frio”. As glândulas produzem uma secreção que, por sua vez, queima a pele, descamando-a e formando aquela casquinha de pele morta.

Dessa forma, vale ressaltar que a dermatite seborreica é uma descamação excessiva do couro cabeludo causada por predisposição genética, mas que, para se manifestar, depende da existência de outros fatores, tais como: clima, estresse, desequilíbrio hormonal ou alimentação rica em carboidratos e/ou gorduras.

Como prevenir a caspa?

Como já foi destacado, a caspa nada mais é do que o resultado de uma descamação do couro cabeludo causada por predisposição genética. Porém, como essa descamação se manifesta por influência de outros fatores (clima, estresse, alimentação irregular), algumas medidas podem ser tomadas – por pessoas que têm tendência a esse problema – no sentindo de evitar a piora do quadro.

Anote essas dicas:

- Seguir uma boa alimentação, sobretudo, evitando o excesso de alimentos gordurosos, frituras, açúcares e carboidratos refinados.
- Evitar o consumo excessivo de bebida alcoólica.
- Praticar exercício físico também pode ajudar a combater a caspa.
- Evitar o sedentarismo e, também, não trocar a noite pelo dia.

Agora você já sabe exatamente o que é caspa e conhece boas alternativas para tratar este problema. Lembre-se, porém, que somente um médico dermatologista poderá indicar qual é o melhor tipo de tratamento para cada caso.


» Procure sempre um profissional de saúde para orientação especializada.


Créditos: Conteúdo publicado no site da Skafe Cosméticos.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!