Como acabar com a retenção de líquidos.

Muito comum entre as mulheres, a retenção de líquidos é muito incômoda e perigosa.

Muitas mulheres desejam acabar com a retenção de líquidos. Isso porque esse acúmulo pode provocar um inchaço bastante incômodo, ocorrendo principalmente em dias mais quentes e durante o período menstrual.

Às vezes, o corpo não consegue eliminar todas as toxinas, normalmente liberadas através do suor, da urina ou fezes. Acontece bastante em gestantes, pessoas que tomam determinados remédios e em quem tem uma vida sedentária. Normalmente aparece de forma mais incisiva nas articulações, nas pernas e nos dedos.

 

5 Dicas para acabar com a retenção de líquidos

1. Beber muita água sempre

Beber muita água, pelo menos 2 litros por dia, vai ajudar a aliviar a retenção, pois o seu organismo não vai precisar acumular a água como forma de reserva, evitando assim o inchaço das células.

Além de água, sucos sem adoçar podem ser uma tentativa interessante para manter o seu corpo hidratado. As águas detox também podem ser interessantes para quebrar a rotina de somente água pura, deixando mais comum o hábito de ingerir líquidos.

2. Consumir alimentos diuréticos

Os alimentos diuréticos ajudam a manter o seu corpo limpo, pois eliminam as toxinas, fazendo com que o seu organismo elimine as mesmas através da urina ou suor.

Por exemplo, dois alimentos que podem ser consumidos para acabar com a retenção de líquidos: a salsinha (salsa) e salsão (aipo). Eles são ricos em fibras e minerais, incluindo o silício, que se encontra pouco nas comidas e combate o inchaço.

O chá de salsa também é excelente, mas a lista de alimentos que podem ser utilizados para combater a retenção de líquidos é extensa. Tem o abacaxi, limão, kiwi, morango, maçã e melão. O ideal é que você inclua esses ingredientes em seu cardápio.

3. Atividade física

Praticar atividades físicas é fundamental para combater a retenção de líquidos, visto que deixa os músculos ativos e cria condições para que o sangue circule melhor.

Além disso, o suor acaba eliminando parte do excesso de líquidos retidos. Assim, seu organismo se recupere mais rápido, do que se somente estivesse realizando uma alimentação natural.

4. Saiba que carboidratos pode comer

Os carboidratos não são um bicho de sete cabeças que todo o mundo pensa! São eles que garantem energia para gastar durante o dia. Claro que, como tudo, tem uns que fazem melhor que outros. Opte por grãos integrais. Já comeu trigo-sarraceno ou espelta? Pense nisso.

5. Alimentos fortes em vitamina B6

Você sabia que vitamina B6, ao dissolver-se no líquido, vai contribuir para ele seja eliminado mais eficazmente? Por isso é que leguminosas, fígado, grão integral e peixes como o linguado são os alimentos adequados para essa tarefa.

No reino vegetal, cebola, abobrinha, salsão e cenoura são os alimentos com maior potencial diurético.

 

Como prevenir

Melhor do que ter que tratar a retenção de líquido, é evitar que ela aconteça. Para prevenir que ela se desenvolva, são necessários alguns cuidados simples, que acabam sendo negligenciados.

Veja se você também está deixando de fazer algum desses cuidados com seu corpo:

1. Controlar a ingestão de sal

O sal é fundamental para equilibrar a quantidade de fluidos na célula, sem ele, não haveria a troca necessária com o meio.

Porém, seu excesso pode ser muito prejudicial, pois ele tende a manter cada vez mais água dentro do corpo, dificultando a missão de acabar com a retenção de líquidos.

A retenção não é saudável, nem mesmo a nível celular, pois prejudica o processo de nutrição e outras funções celulares. Pode também facilitar o desenvolvimento de doenças.

2. Ingerir a quantidade adequada de magnésio

Presente em centenas de reações das enzimas no organismo, o magnésio é fundamental para a troca celular, sendo sua falta um dos causadores da retenção de líquidos.

Bastam 200 mg ao dia para manter a saúde celular, podendo ser encontrado em alimentos como as oleaginosas, folhas verde-escuras e no chocolate amargo.

3. Ingerir vitamina B6

Por participarem ativamente da produção da hemoglobina, que transporta os nutrientes para dentro e fora das células, a vitamina B6 é fundamental para que haja essa troca.

Você pode encontrar bastante vitamina B6 em alimentos simples e muito presentes na culinária brasileira, como a banana, carnes vermelhas e oleaginosas.

4. Capriche no potássio

O potássio ajuda a regular a quantidade de sódio no sangue, eliminando parte dele, o que faz com que se reduza a retenção de líquidos.

Além disso, ajuda a aumentar a quantidade de urina, auxiliando no processo de purificação e eliminação do excesso de líquidos, do seu organismo.

Novamente as bananas são uma boa ideia, assim como o abacate e o tomate.

5. Se alimente bem

Não se trata de comer somente frutas e legumes, mas sim de ter moderação na alimentação, buscando ingerir a quantidade adequada de nutrientes das mais diversas fontes.

Porém, é fundamental que se evite alguns tipos de alimentos que são grandes causadores da retenção de líquido, prejudicando também todo o organismo.

Um deles é o refrigerante, como você já deve saber. Além de ser uma bomba de açúcar, ele também tem muito sódio, sendo preferível um bom copo de suco ou até mesmo água.

Outro vilão para quem está tentando acabar com a retenção de líquidos é o consumo de carboidrato refinado, que estimulam a retenção de sódio nas células e sua absorção nos rins, depois de terem sido eliminados das células.

 

É sempre importante consultar sempre um médico para investigar as causas e melhores medidas a serem tomadas para esse problema.


Créditos: Conteúdo originalmente publicado no site Dicas Online.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!