Xô, dor nas costas!

Saiba como tirar esse peso sem remédios

É normal sentirmos dificuldade para sustentar o próprio corpo conforme as horas vão passando. O cansaço físico, somado ao stress do dia a dia, acaba tornando a coluna um ponto de tensão. Resultado? Surge a lombalgia. O peso sentido nas costas é uma incômoda realidade para 80% da população mundial, segundo dados fornecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Reações do sistema nervoso, má postura na hora de sentar, movimentos repetitivos e até a maneira como dormimos e caminhamos são as causas mais omuns para o aparecimento do mal”, garante o ortopedista Fabiano Nunes (SP). Por sorte, esses fatores podem ser corrigidos ou modificados. Aprenda a se livrar dos desconfortos...

Encontre a postura ideal

Em pé, com a coluna alinhada, estique os braços para cima. Agora abaixe devagar, mantendo-os retos, em direção à lateral do corpo. Você ficará com o peito para fora e a barriga levemente encolhida - essa postura previne dores.

Ande com suavidade

Você não pode ouvir um baque a cada passo dado! Distribua o impacto entre lombar, quadril, joelhos e tornozelos alongando-se todos os dias, use palmilhas ortopédicas e prefira sapatos com salto de 3 cm.

Durma com dois travesseiros

“Ao deitar de lado, use um travesseiro que alinhe a cabeça com a coluna e outro entre os joelhos. Para dormir de costas, coloque um travesseiro baixo sob a cabeça e um embaixo das pernas”, indica Fabiano. Assim, você não força a lombar.

Reforce a musculatura

Exercícios abdominais aliviam as dores porque os músculos da barriga dão sustentação às costas. Sendo assim, comece a malhar! Pratique duas séries de 15 abdominais retas em dias alternados. Deitada de costas, basta colocar os pés no chão, flexionar os joelhos e apoiar as mãos nas têmporas; eleve o tronco e volte. Se possível, recorra a um orientador físico para fazer um treino completo e personalizado.

Na hora da crise...

“Mantenha compressas quentes na área por 20 minutos para relaxar a musculatura”, indica o fisioterapeuta Pedro Henrique Alvarenga (SP). “Massagem com movimentos circulares também ajuda”, diz a massoterapeuta Nice Cavalcante (SP). Use um creme com semente de uva, castanha-da-índia, camomila ou lavanda, que são calmantes e anti-inflamatórios.


» Procure sempre um profissional de saúde para obter orientação especializada.


Créditos: Conteúdo publicado no site da Revista Máxima

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!