Santa dieta! Estudo diz que comer doces ajuda a emagrecer

Nutricionista acredita que a perda de peso ideal está associada à ingestão de chocolate e outras guloseimas

De acordo com o site Daily Mail , a Universidade da Pensilvânia divulgou um estudo que promete animar as pessoas que têm dificuldades para fazer dietas e cortar as guloseimas. Diferente das tradicionais receitas sazonais que incluem frutas específicas para perder peso , a dica do sucesso apresentada garante que ao invés de cortar certos alimentos, apenas diminuir é mais que suficiente, e o certo a se fazer.

A pesquisa descobriu que 65% das pessoas que se empenham em uma dieta da moda recuperam o peso perdido em até três anos, e que apenas 5% conseguem manter as novas medidas. Um aplicativo de contagem de calorias e um site, o Nutracheck, também mostraram que 86% das dietas que realmente são eficientes mantêm alimentos como chocolate, batata frita, entre outros carboidratos. Nos relatos, diversas pessoas garantiram que comeram doces uma vez por semana e continuaram a emagrecer .

-As pessoas que diminuem ao invés de cortar grupos de alimentos não só perdem peso, mas também são mais propensas a mantê-lo estável a longo prazo, garante a nutricionista Emma Brown. -Renunciar a si mesmo os alimentos que você tanto gosta pode ter consequências psicológicas e trazer fortes emoções negativas, razão pela qual tantas pessoas têm a sensação de que perder peso é um processo negativo, continua ela.

Além de ser contra o corte, a profissional incentiva seus pacientes. -Comer fora, ou comer de vez em quando o que se gosta, como queijo e vinho, não é nenhum problema, basta contar suas calorias. Essa é a realidade, diz ela, que conclui sobre a técnica: usar de uma abordagem descontraída e incluir algumas guloseimas faz parte da perda de peso bem sucedida e eficaz, além de construir uma atitude positiva de longo prazo.

Créditos: conteúdo publicado no
site Terra/Saúde.


Créditos: Conteúdo publicado no site Terra/Saúde.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!