Dúvidas sobre depilação íntima?

Veja mitos e verdades e saiba mais.

As dúvidas em relação à depilação são muito frequentes. Não somente as mulheres, que em sua maioria têm muitos medos como o escurecimento da pele, mas também os homens, que agora são mais vaidosos e não querem marcas na pele, principalmente no rosto por causa da barba. Para responder às principais dúvidas sobre o assunto, conversamos com os dermatologistas Samantha Enande e Geraldo Magela, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Veja a seguir!

Raspar com lâmina engrossa os pelos? Mito  

O pelo não engrossa por causa da lâmina, afirmam os especialistas. Samantha explica que, quando raspamos, tiramos a parte fina do pelo, por isso, quando ele volta a crescer, parece que engrossou.

— Cortamos o pelo “no meio”, por isso, quando ele começa a crescer, parece que está mais grosso, porque tiramos a ponta dele com a lâmina.

Não se depilar na virilha deixa o local com mais odor? Verdade  

O dermatologistas acredita que com menos pelo a higienização fica facilitada, por isso há menos odor.

— Se você retirar o pelo existe menos chance de desenvolver odores, tanto na axila quanto na virilha, mas depende de pessoa pra pessoa.

Lâmina ou cera pode causar foliculite, ou seja, pode machucar a pele? Verdade  

Na verdade, o que as pessoas sentem é uma irritação na pele quando os pelos começam a aparecer novamente, diz Geraldo Magela. Segundo o dermatologista, a foliculite só acontece quando há infecção na pele, com presença de bactérias ou vírus, principalmente em peles mais oleosas.

— Na medida em que o pelo vai nascer pode funcionar como um corpo estranho e encravar, o que é a causa a irritação.

Depilar na área íntima dá mais prazer? Mito  

Segundo os especialistas, com pelo e sem pelo a sensação de prazer é a mesma.

É melhor passar a lâmina depois do banho? Verdade

Para Samantha, é recomendado raspar depois do banho porque fica com menos atrito com a pele.

— A pele e os pelos já estão mais amolecidos, por isso a depilação fica mais suave. Já Magela recomenda não somente depilar sem a pele estar seca, mas também no sentido dos pelos, para também evitar o atrito.

Cera ou lâmina pode encravar mais os pelos? Verdade  

Segundo a dermatologista Samantha, é possível que encrave se a pessoa raspar no sentido contrário do pelo.

— O pelo sai em um sentido e você raspa ele no outro, aí pode encravar. A mesma coisa acontece com a cera, porque o pelo vem no mesmo sentido do antigo, e por puxar no outro sentido.

Depilar com cera escurece a pele? Verdade  

Para Magela, qualquer depilação pode escurecer a pele, porque a irritação causa o escurecimento, ou seja, a pigmentação.

— Algumas regiões do corpo têm maior chance de pigmentação, como a axila e a virilha. O escurecimento não está relacionado à depilação, mas ao tipo de pele. É importante reconhecer qual o motivo da pigmentação da axila e mudar o método de depilação.

É melhor usar cera quente ou fria?  

Samantha acredita que a cera quente é melhor por causa da vasodilatação.

— Por dilatar o poro, reduz a sensação da dor e o pelo sai mais fácil. Mas é preciso cuidado porque o calor causa a pigmentação da pele. Para a pele sensível, a fria é um pouco melhor, porque mancha menos.

Cera quente pode causar varizes? Mito  

Apesar da vasodilatação, cera quente não aumenta as chances de ter varizes, diz o dermatologista.

— A vasodilatação é muito rápida, e isso não pode aumentar a chance de ter varizes.

Depilar durante o período menstrual é mais doloroso? Verdade  

A mulher fica mais sensível com a menstruação, por isso a dor aumenta, explica a médica.

— Os nervos das mulheres estão mais sensíveis e os hormônios estão mais ativos. Por isso, quando exposta à dor no período menstrual a mulher sente mais.  A menstruação aumenta a sensibilidade superficial, a parte sensorial.

Depilar com cera dá espinha?  Verdade

A depilação também pode dar espinha, porque a espinha é uma junção de bactéria em glândula sebácea.

— Por isso, é essencial a higienização antes do procedimento. Clorexidina é o produto indicado para a higienização antes do procedimento, principalmente para pessoas com pele oleosa.

O mesmo acontece com a lâmina, ressalta Samantha.  

— Se o homem raspar o peito e depois raspar a barba, ele vai levar as bactérias e a oleosidade para o rosto, e pode aumentar a chance de ter espinhas.

É aconselhável gestantes de nove meses fazerem depilação íntima completa para agilizar procedimento do parto? Sim

A dermatologista acredita que sim, mas é preciso se acostumar com a depilação antes.

— É interessante, porque as enfermeiras raspam de qualquer jeito no hospital e pode coçar depois. Se ela puder ir já preparada, a situação é melhor e não vai incomodar no pós parto. É bom ir fazendo durante a gestação, para o corpo se acostumar com a dor, porque é um processo muito doloroso.

É verdade que passar filtro solar no rosto ou desodorante na axila pode tampar os poros e provocar problemas, como espinha? Sim

O desodorante tem um potencial irritativo sobre a pele, afirma Magela.

— Ele contém substâncias que vão diminuir a produção de suor, mas é recomendado que não se aplique desodorante numa pele que ficou irritada recentemente. Já o filtro solar é um produto que pode ter potencial de piora de acne, principalmente com peles mais oleosas.

É verdade que é necessário dar um intervalo entre uma depilação e outra? De quanto tempo?  

Samantha afirma que é necessário aguardar o crescimento dos pelos.

— Os pelos têm uma fase de crescimento. Às vezes você vai puxar e ele ainda está muito rente à pele, e pode forçar a pele sem necessidade e acabar tirando só a pontinha do pelo.

Segundo a dermatologista, é indicado esperar cerca de quatro semanas para a cera e entre cinco e dez dias para a lâmina.

 


» Procure sempre um profissional de saúde para obter orientação especializada.


Créditos: Créditos: Conteúdo publicado no site R7/Saúde, com informações dos dermatologistas Samantha Enande e Geraldo Magela.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!