Os efeitos positivos das oleaginosas

Previna doenças consumindo nozes, amêndoas, pistache e seus parentes regularmente.

Em artigo no periódico The Journal of Nutrition, cientistas estudaram a dieta e o estado de saúde de 138 mil mulheres que participaram de sua pesquisa durante dez anos, a partir de 1999. Eles descobriram 5.930 casos de diabetes tipo 2. As mulheres que comiam nozes estavam propensas a pesar menos, consumir mais peixe e se exercitar mais em comparação com as que não consumiam o alimento. Contudo, os pesquisadores levaram em conta outros fatores e descobriram que o risco de contrair diabetes tipo 2 diminuía em 24% para as mulheres que consumiam 225 gramas ou mais de nozes por mês em comparação com as que não consumiam.

Quando se trata de saúde, as oleaginosas (nozes, castanhas, pistache, amêndoas, amendoim, avelã, etc) são fortes aliadas. As nozes têm em sua composição um número maior de ácidos graxos-insaturados, que conseguem equilibrar o açúcar no sangue. Além deste benefício, as oleaginosas contêm grande quantidade de ômega-3, que atua como um anti-inflamatório desintoxicante e ajuda na limpeza do organismo. Ele também consegue evitar que a gordura do alimento ingerido se acumule no tecido. Por isso o consumo de oleaginosas também colabora com a perda de peso e previne doenças relacionadas ao coração, como pressão alta, infarto e derrames.

Para os benefícios serem completos deve-se manter um cardápio equilibrado, com muitas frutas, fibras, verduras, proteínas magras e poucas calorias (doces e frituras). Lembre-se que é importante gastar a mesma quantidade de calorias que se consome, por isso praticar atividades físicas pelo menos três vezes por semana ajuda a manter a saúde em dia e a evitar doenças.


» Procure sempre um profissional de saúde para obter orientação especializada.


Créditos: Com Informações tiradas do UOL Notícias

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!