Alimentos que Aliviam Dores no Estômago

Descubra quais são os sete alimentos que devem fazer parte da dieta em caso de dor de estômago

-Ter refeições equilibradas, com porções naturais devidamente preparadas, diminui acentuadamente a possibilidade dos sintomas dispépticos, pontua a gastroenterologista Cindy Lis Granados (RJ).

-Se a dor de estômago for proveniente apenas de uma gastrite, os sinais podem passar com um cardápio correto, acrescenta Liliane Oppermann, nutróloga (SP).

Carolina Favaron, nutricionista (SP) explica que a boa notícia é que, após a ingestão desses nutrientes, em aproximadamente 30 minutos a uma hora, o organismo já apresenta efeitos positivos.

Arroz >> Além de não colocar pressão adicional sobre o sistema digestivo, já sensível, o arroz cozido absorve ácidos e gases do estômago, eliminando seu desconforto. Para que o resultado seja mais eficiente, a nutróloga Liliane explica que o alimento não deve ser lavado antes do cozimento.
-Se lavar vai diminuir o
teor de amido resistente, que é conhecido por dar um aspecto gelatinoso no alimento cozido. Ao preparar o arroz evite condimentos industrializados. Para que o sabor fique agradável coloque apenas vegetais.

Banana >> A fruta é recomendada pela Academia Americana de Médicos de Família, como uma aliada contra a dor de estômago. Mas Liliane explica que não são todos os tipos de banana que beneficiam o desconforto estomacal.
-A melhor indicação é a polpa da banana verde cozida, ou seja, a biomassa de banana verde. Ela apresenta prebióticos que auxiliam no equilíbrio das bactérias boas do intestino e estômago, na recuperação dos tecidos e na melhora da dor. O potássio, também encontrado na fruta, contribui para evitar a desidratação, em casos de vômitos decorrentes da patologia.

Mamão >> Popular por conter propriedades laxativas, a fruta atua no bom funcionamento do trato gastrointestinal, acalmando o estômago e diminuindo a irritação.
-Ele é rico em fibras que regulam a população de lactobacilos e contém enzimas como a papaína, potente aliada na digestão, diz Liliane, além de melhorar a disbiose, desequilíbrio que causa má absorção de vitaminas e compromete a absorção de lipídeos. Uma fatia de mamão é suficiente para sentir uma melhora da dor. Para obter melhores resultados, coma o mamão no período da manhã, antes da refeição.

Chá >> O popular chazinho também é um aliado contra as dores de estômago.
-O de hortelã e alecrim são digestivos, erva-doce e camomila reduzem a formação de gases e são calmantes, diz Caroline. Liliane sugere ainda alecrim e espinheira-santa para diminuir a acidez estomacal. O ideal é tomar o chá sem adição de açúcar, 20 minutos antes das principais refeições. Cuidado com o chá preto, ele deve ser evitado, pois irrita a mucosa gástrica e piora os sintomas, alerta a nutróloga.

Iogurte >> A maioria dos laticínios pode apresentar uma ameaça à dor de estômago, mas uma porção de iogurte natural tem o efeito oposto.
-Ele é rico em lactobacilos. A reposição dessas bactérias boas é fundamental para a recuperação dos tecidos gástricos, combatendo a gastrite e os sintomas que ela gera, diz Liliane.
Para Caroline os efeitos benéficos do iogurte contribuem principalmente para a azia. Ele eleva o pH do estômago e o deixa menos ácido, explica.

Gergelim >> A semente de gergelim é rica em nutrientes, como vitaminas do complexo B, fósforo, ferro e gorduras monoinsaturadas. Devido à quantidade de cálcio, ela tem ação antioxidante e anti-inflamatória. Sua ingestão atua no tônus celular, proporcionando alívio de dor e consequentemente saúde gastrointestinal. Inclua o gergelim, de forma integral, em saladas, carnes ou até em doces. Uma colher de sobremesa, por dia, já basta.


Créditos: Conteúdo publicado no site Revista Viva Saúde Uol.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!