Dieta detox promete eliminar três quilos em uma semana

Com dicas de Elaine Fontes, do Spa Longevity Sisley, e Saturno de Souza, da Bio Ritmo.

O cardápio é focado em alimentos funcionais e antioxidantes que ajudam a desinchar o corpo, como sopas, sucos e chás. O glúten é parcialmente restrito durante este período e muitos alimentos inclusos, como a canela e a chia, ajudam a ativar o metabolismo. "Também é importante respeitar o horário das refeições, pois isso também faz com que o metabolismo fique mais acelerado".

As oleaginosas também são permitidas, pois contribuem para a melhora da imunidade. "Quando o paciente come errado, a imunidade dele fica muito baixa, o que facilita que ele fique doente ou resfriado".

Os pratos do cardápio também apostam em aumentar a sensação de saciedade e melhorar o funcionamento do intestino. "Sendo assim há carboidratos com baixo índice glicêmico, que contribuem para que a pessoa se sinta saciada, e alimentos funcionais ricos em fibras".

No entanto,a pessoa não deve seguir esta dieta por mais de sete dias. "O foco desse cardápio é emagrecer rapidamente, portanto, depois de uma semana é preciso retornar para uma alimentação saudável normalmente".

Para potencializar a queima calórica, as atividades físicas são boas opções e estão liberadas na dieta. A dica do diretor técnico da Bio Ritmo, Saturno de Souza, é buscar alguma atividade física que seja prazerosa para criar o hábito. "Geralmente as pessoas pensam em queima calórica, quais músculos trabalha, mas o principal para tornar a prática de exercícios um hábito é pensar no conforto psicológico. O aluno deve optar pela atividade que dá prazer, para depois realizar outras atividades que também são importantes, mas que ele não gosta muito", destaca.

É preciso ter cuidado para não fazer atividades em excesso, pois o risco de aparecer lesões é grande e fará com que o aluno fique ainda mais tempo parado. "Uma pessoa sedentária que fizer uma caminhada de 20 minutos já vai sentir ganhos cardiovasculares. É importante também sempre procurar acompanhamento de um profissional de Educação Física".


» Procure sempre um profissional de saúde para obter orientação especializada.


Créditos: Conteúdo publicado no site UOL por Thamires Andrade com informações de Elaine Fontes, do Spa Longevity Sisley, e Saturno de Souza, da Bio Ritmo.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!