Ajuda para entrar em forma

Do café ao jantar: veja cinco alimentos que aceleram o metabolismo

A quantidade de massa muscular e também de gordura corporal, e, principalmente, a idade são fatores essenciais para o metabolismo, ou seja, quantas calorias seu organismo gasta ao desempenhar suas funções, de respirar à prática de exercícios físicos. Segundo a nutricionista Elâine de Pádua, nutricionista da Universidade Federal de São Paulo, por volta dos 40 anos de idade, homens e mulheres têm uma queda na produção de hormônios, perda de massa óssea e maior tendência ao acúmulo de gorduras.

"O metabolismo vai ficar mais lento porque o indivíduo tem uma troca de tecidos, e a gordura, metabolicamente, é menos ativa que o tecido da massa muscular. Os hormônios também interferem. Na mulher, o estrógeno vai declinando e com isso você vai ter uma queda grande no metabolismo". 

Pádua orienta a não fazer dietas restritivas, pois estas também colaboram para a desaceleração do metabolismo. "A pessoa pode até emagrecer no começo, mas depois não há mais resultados. O ideal é não pensar nas calorias, mas em consumir alimentos nutritivos", alerta.

Para fazer seu organismo gastar mais energia ao realizar tarefas, o indicado, segundo a nutricionista, é o consumo combinado de alimentos termogênicos, aqueles que aumentam a temperatura corporal e, consequentemente, o gasto calórico — lembrando sempre que a intensidade varia de acordo com cada pessoa.

Veja abaixo uma lista com cinco alimentos que podem ser consumidos do café da manhã ao jantar e que aceleram o metabolismo.
 

1 - Canela

O café da manhã tem que dar energia! Que tal uma banana com canela? A especiaria diminui a absorção da frutose e tem função termogênica, isto é, necessita de maior queima de energia para ser digerida, potencializando o gasto de calorias. Além disso, ela evita picos de glicemia (quantidade de glicose existente no sangue).
 

2 - Cúrcuma

Vai cozinhar o almoço ou o jantar? Use a cúrcuma para temperar ovos mexidos, carnes, caldos e dar uma cor ao arroz! Originária do açafrão, a planta também obriga o organismo a gastar mais energia na hora da digestão, aumentando a queima de gorduras.
 

3 - Gengibre

O gengibre é uma planta multiuso. Ele cai bem na salada e até no suco. Uma das substâncias presentes no gengibre é a gingerol, que além de ter uma ação termogênica, é antioxidante, anti-inflamatório, analgésico, entre outros benefícios.
 

4 - Chá verde

Quer tomar algo com muitos benefícios? Aposte no chá verde! Por conter cafeína, a erva é um ótimo estimulante. E a substância epigalocatequina-3-galato atua com enzimas que controlam o metabolismo das gorduras. A nutricionista indica tomar três xícaras do chá por dia, quente ou frio, evitando o período da noite para não atrapalhar o sono.
 

5 - Pimenta

Para finalizar, a pimenta! Além de ser rica em vitamina A, C, cálcio e ter ação cicatrizante, ela ainda acelera o metabolismo ajudando no processo de emagrecimento, por sua ação antioxidante e anti-inflamatória. O mais indicado é consumir a pimenta fresca, evitando os molhos industrializados, que são ricos em sódio. O fruto pode ser consumido em toda refeição, mas com moderação, para evitar desconfortos gástricos.


» Procure sempre um profissional de saúde para obter orientação especializada.


Créditos: Conteúdo publicado no site UOL/Saúde, com informações da nutricionista Elâine de Pádua

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!